quinta-feira, 31 de dezembro de 2009

Acabou. Bandeira quadriculada para 2009

E chegamos ao último dia de 2009. Acabou, bandeira quadriculada para mais um ano. Hora de ir para os boxes e fazer um breve pit stop, de preferência sem “encher o tanque até a boca” hoje à noite, principalmente se for dirigir.
Comentei já na semana passada, na véspera de Natal, como foi o meu 2009. Creio que nada muito diferente da maioria do pessoal. Altos e baixos, alegrias e decepções, muita correria e pouco tempo para o lazer.
Nesse ‘mundinho moderno’ isso é normal. Foi-se o tempo de encerrar o expediente às 18:00 horas e tomar uma gelada com a galera no boteco da esquina ou ficar de papo furado no balcão da padaria. O negócio é ‘correr atrás da máquina’.

Aproveito para agradecer todos aqueles que fizeram o "POEIRA NA VEIA" decolar neste ano que passou.
Foram quase 90 mil acessos só neste ano - sendo eles de 116 países diferentes, e aqui do Brasil nada menos do que 597 cidades diferentes -, algo que eu não imaginava jamais que aconteceria, e com isso automaticamente vem uma responsabilidade imensa sobre minhas costas: corresponder a altura esse 'povo maluco' que entra aqui, com material de boa qualidade, informações interessantes, imagens marcantes, histórias e tudo mais que recorde o passado e mantenha o presente e o futuro em evidência.
MUITO OBRIGADO por fazerem este blog acontecer, seja com divulgação, materiais, opiniões, críticas, sugestões ou até mesmo elogios, por que não?


Agradeço em especial a minha esposa e companheira de todas as horas, Aglaís, pelo incentivo, apoio e torcida, e aos meus pequenos Gabriel e João Henrique, que por várias vezes esperam pacientemente pelo pai que está digitalizando material para o blog, editando textos ou qualquer outra coisa que envolva o "POEIRA NA VEIA".
Imagino que ter um marido e um pai “doente” por corrida não seja nem um pouco fácil, mas mesmo assim vocês não só me aturam como apoiam... Amo vocês!
Obrigado à todos pela força!Espero que o seu, o meu, o nosso 2010 seja um ano de alegrias, desafios, batalhas, conquistas, vitórias e muito sucesso, mas acima de tudo, que tenhamos muita saúde e sempre sejamos humildes, honestos e de bom caráter, principalmente nos momentos mais difíceis. É na hora da adversidade que conhecemos de verdade quem é quem.
Um brinde ao ano que passou, na esperança que 2010 seja magnífico, mesmo tendo eleições!


2010 já aponta na reta. Vem de 5ª marcha e 'cano cheio', a quase 7 mil RPM.
FELIZ ANO NOVO! FELIZ 2010, COM MUITA POEIRA NA VEIA!!!

Fotos: Internet

quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

Destaques de 2009

Não sou muito a favor dessa história de arrumar "destaques" pra alguma coisa. Quem faz isso sempre acaba injustiçando outros tantos ao eleger só um como destaque, mas como fui muito 'provocado' desde que acabou o Catarinense para que fizesse aqui uma homenagem a quem mais se destacou neste ano, acabei topando a parada, com a certeza de que os "homenageados" aqui merecem tal menção e a certeza maior ainda de que injustiçarei muitos que mereciam estar dividindo este espaço.
Vamos lá a lista dos "DESTAQUES 2009" na minha opinião:

Piloto - MAURÍCIO REUTER 
Preparador - EDWIN "CARECA" FREHNER 
Personalidade do Catarinense - INGO HOFMANN 
Destaque da Imprensa - JIMMI TORRES 
Fotógrafo do Ano (I) - ELKE ZALASIK. 
Fotógrafo do Ano (II) - DIBE GRELAK.
Visitas Ilustres (I) - FABIO SEIXAS (Folha de São Paulo) e PAULO AFONSO TREVISAN (Museu do Automobilismo Brasileiro).
Visita Ilustre (II) - RODRIGO MATTAR (SPORTV)
Companheira do Ano - AGLAÍS BASTOS TRENNEPOHL (a 'dona da pensão' que me atura. Merece a homenagem por motivos mais do que óbvios, e com um brinde, igual ao da foto...)

Vídeo do Ano - INGO HOFMANN descendo da Carretera depois de uma volta em Lontras com PAULO AFONSO TREVISAN

Fotos: Acervo pessoal Francis H. Trennepohl / Ingo Hofmann / Dibe Grelak

Desafio Poeira na Veia

O último "desafio" do ano tinha que ser com um '6 canecos', e botando a turma do Paraná pra trabalhar.
Vamos às dicas:
1 - Começou no kart em 1980, passando mais tarde para os carros, onde fez a estreia a bordo de um Chevette em, Laranjeiras do Sul, em 1987, e teve a infelicidade de capotar nos treinos e na corrida;
2 - Nessa época era advogado, mudando-se mais tarde para Florianópolis, onde teve um bingo e atualmente tem empresa de transportes aéreos;
3 - Seu filho mais novo correu de kart e na Fórmula Renault;
4 - Descobri recentemente que ele é quase meu vizinho aqui em Floripa (essa dica não ajuda em p$&&@ nenhuma!).
Mãos à obra!

Quem aparece atrás do "14" é ninguém menos que Ariel Barranco, filho do lendário Altair Barranco.

Fotos: Jornal Auto Pista (Agosto de 1988 e Outubro de 1988) - Acervo pessoal Sidney Andrade

terça-feira, 29 de dezembro de 2009

Joaçaba, 1985

A foto abaixo é de 26 de Maio de 1985. Alguns devem estranhar o fato de um Fusca dividir a pista com dois Opalas.
Explico: nessa época os treinos livres eram abertos para todos os carros, independente da categoria, e já começavam nas sextas-feiras.

Eu gostava até mais dos treinos livres do que das corridas, em alguns casos, pois era muito legal ver um 'pega' entre um Fusca e um Opala, ou um Maverick contra um Passat.
Saudades desse tempo bom!
Na frente o são-carlense José "Zeca" Kolling (Opala 29 - Frigorífico Chapecó), sendo seguido por Zabedeu Bastos (Fusca 339) e o chapecoense Clóvis "Chulé" Concatto (Opala 17 - Frigorífico Chapecó) contornando a curva do lago, no "Cavalo de Aço", em Joaçaba.

Foto: Acervo pessoal Clóvis Concatto

O Som da Poeira

Pra começar bem a terça, rock do Audioslave, com "Like a Stone".

segunda-feira, 28 de dezembro de 2009

Luto no Automobilismo

Mais uma vez o Automobilismo está de luto. Faleceu ontem Robson Walther, piloto que se acidentou durante os treinos das "12 Horas de Tarumã".
Abaixo a notícia na íntegra, extraído do excelente site
Automobilismo Gaúcho, da A.P.P.A. (Associação de Pilotos e Preparadores de Automobilismo/RS).

"O piloto é o grande campeão 2009 da categoria Marcas & Pilotos.
A família do Automobilismo Gaúcho está triste. Faleceu neste domingo o Grande Campeão Robson "Tchaca" Walther.

Robson se recuperava de um gravíssimo acidente acontecido durante os treinos livres para a edição 2009 das 12 Horas de Tarumã, quando bateu violentamente seu VW Gol no contorno da curva 2. O piloto sofreu várias fraturas e sua recuperação era considerada boa.
Ele havia recebido alta do hospital e se tratava em casa, quando neste domingo sofreu uma embolia pulmonar seguida de uma parada cárdio-respiratória. Robson tinha 28 anos.
Robson é piloto campeão do Campeonato Gaúcho de Pista de Terra, Campeão das 12 Horas de Tarumã em 2008 e Campeão do Campeonato Gaúcho de Marcas 2009.
Sua alegria e camaradagem fizeram dele ser admirado em todos os locais por onde passou, piloto arrojado e admirado nas pistas de terra, galgou a difícil transição para a velocidade em asfalto, onde corou um inicio promissor com o título 2009 da Classe B do Marcas.
Toda a diretoria da APPA/RS se mostra consternada com o acontecido, pois Robson e sua família são grandes incentivadores da velocidade no estado.
O velório está sendo realizado na Capela Mortuária Funerária Tradição, localizada no centro da cidade de Portão, defronte ao quartel do Corpo de Bombeiros. Seu enterro está marcado para esta segunda-feira, 28 de dezembro no Cemitério Evangélico de Portão, localizado na rua principal da cidade."

Robson "Tchaca" Walther.
Ficam registradas aqui as condolências à família.

Foto: Dudu Leal (reprodução site Automobilismo Gaúcho)

O 77 da "Comodoro"

Já ouvi muita gente por aí falando e perguntando do Opala 77 da Comodoro.
Esse carro era lindo e quem pilotava era o Ronaldo da Rocha, de Lages, que 'incomodou' um bocado na categoria, fazendo grandes apresentações.
Na imagem abaixo, o carro alinhado em Mafra para a bateria da Força Livre. O ano deve ser entre 1989 e 1990.

Ronaldo da Rocha (Opala 77 - Comodoro) e Douglas Zappelini (Opala 88 - Maçãs Pantera) alinhados em Mafra. Nesta época Lages devia ter aproximadamente entre 20 e 25 carros no Catarinense, sendo uma das grandes forças do Estadual.

Foto: Acervo pessoal Alexandre Martins

Aniversariante do Dia (II)

A festa também vai ser grande em Curitiba, onde Marco Aurélio Garcia, piloto do Omega 92 da Stock Catarinense irá patrocinar a carne e o chopp.
Parabéns, saúde e felicidades!

Marco Aurélio...

... e o Omega 92 na pista de Lontras.

Fotos: Ingo Hofmann

Aniversariante do Dia (I)

Hoje tem festa em Itajaí, e quem assina o cheque é Josinei Cordeiro, piloto do Gol 80 da Marcas "B".
Parabéns, felicidades e sucesso!

Josinei...

... e o Gol 80 em ação em Lontras.

Fotos: Ingo Hofmann

domingo, 27 de dezembro de 2009

Quem disse que carro de corrida não vai pro 'boteco'?

A dica veio do amigo Luís Carlos de Lima, do blog Tarados por Automobilismo: um carro de corrida no bar!
Pois é, entre 1992 e 1995 funcionou em Jaraguá do Sul o "Gargamel Lanches", que patrocinava o Gol 75 do Luiz Laurindo, o carro que aparece na imagem abaixo.

O bar 'bombava' de gente e era febre na cidade.
Segundo o Luís, atualmente na mesma avenida tem o "Smurf's Lanches", que patrocina o piloto Dan Ricardo.

O Gol do Luiz Laurindo na entrada do bar...
... e a galera no 'boteco'.
Valeu, Luís!

sábado, 26 de dezembro de 2009

Joaçaba, 1987

"Pega" entre Clóvis Concatto (Opala 17 - Frigorífico Chapecó) e Roberto Pruner (Opala 34 - Bonplac) no Autódromo "Cavalo de Aço", em Joaçaba, em Abril de 1987.
À frente deles o então estreante - e naquele momento retardatário - Elmes Marinho (Opala 87), de Curitibanos.

Marinho, "Chulé" e "Beto".

Foto: Acervo pessoal Ezequiel Vieira

Por onde anda???

Já que no último "Por onde anda???" teve um brusquense aqui, hoje vai mais um piloto daquela cidade: Fabrício Silveira.
A pergunta é: por onde anda o Fabrício Silveira, que fez grandes apresentações a bordo do Gol 60.
Brusquenses, mãos à obra!
O Gol 60 de Fabrício Silveira em Santa Cecília.

Foto: Jornal Auto Pista (Janeiro de 1990) - Acervo pessoal Sidney Andrade

Aniversariante do Dia

O aniversário e a festa já passaram, mas fica aqui o registro.
Ontem comemorou mais um ano de vida o piloto do Gol 35 da Marcas N, Marcos Litzenberger.
Parabéns, felicidades e sucesso!


Marcos...

... com o Gol 35 em ação em Lontras...

... e o 'capote' do Marcos que eu filmei em São Bento.

Fotos: Ingo Hofmann

quinta-feira, 24 de dezembro de 2009

HO, HO, HO... FELIZ NATAL!!!

É véspera de Natal. Mais um ano que passou voando e todos já estão com a cabeça em 2010. 2009 já é passado, já terminou. Ninguém faz nada nessa semana entre Natal e Ano Novo, a não ser contar as horas pro ano acabar.
2008 foi uma correria maluca, mas 2009 superou e pra mim foi sem dúvida o ano mais agitado da minha vida: trabalhei demais, dormi de menos, me estressei como nunca antes - a ponto de ter um 'piripaque' meio sério e parar no hospital -, conheci um 'mundaréu' de gente nova, reencontrei amigos e conhecidos que não via há muitos e muitos anos, devo ter envelhecido mais de uma década neste ano, tive que tomar decisões complicadas, daquelas que a gente não gosta nem de pensar que um dia vai passar e nunca na minha vida tive tantas emoções diferentes em espaços de tempo tão curtos, aquela coisa de ir do céu ao inferno e vice-versa em minutos.
Ir do extremo da alegria à absoluta decepção, especialmente à desilusão da falsidade humana.
Foi mais um ano que senti muitas saudades e muita falta da minha mãe, um ano muito feliz com minha esposa e meus pequenos 'rebentos' e um ano pra ser esquecido em alguns 'setores da vida', como o financeiro.
Foram muitas emoções, várias boas e outras nem tanto, mas como tudo na vida é aprendizado, agradeço a quem me fez feliz e transbordou meu coração de alegria, e também agradeço a quem mentiu, ofendeu, magoou, foi falso ou desonesto.
Tô ficando velho e não cabe mais dentro de mim rancor, ódio ou qualquer outro sentimento pouco nobre, então só posso agradecer à todos que me fizeram sentir alguma coisa neste ano, independente do que tenha sido.
Se a vida é feita de sentimentos e emoções, 2009 está marcado na minha vida como o ano 'top' nesses quesitos.
Exatamente hoje, 24 de Dezembro, o blog completa 18 meses de 'vida' e já estamos próximo das 96 mil visitas.
Muita gente só 'passa' por aqui e não escreve ou não se manifesta, acompanha em silêncio, e tantos outros são assíduos "comentaristas" e colaboradores (não vou citar nomes pra não correr o risco de esquecer de alguém e ser injusto dessa forma).
À todos vocês que dão este apoio e incentivam o blog a "estar vivo", seja em silêncio, apenas acompanhando ou os que ajudam contando histórias, contribuindo com imagens, vídeos, matérias de jornais e revistas, MUITO OBRIGADO!!!
O "POEIRA NA VEIA" É UMA DAS GRANDES ALEGRIAS DA MINHA VIDA!
A felicidade que sinto em poder compartilhar
as histórias da velocidade não tem tamanho. O mais estranho é que algumas dessas histórias eu sequer estava lá, sequer tinha nascido.
Desejo que o PAPAI NOEL dê à você e sua família muitos presentes, tais como saúde, amor, alegria, força, esperança e garra pra todos. Tendo isso, o resto a gente se vira e corre atrás, como sempre fizemos.


FELIZ NATAL!!!

Imagem: Internet

O Som da Poeira - Versão Natal

E já que é véspera de Natal, "o som da poeira" atende o pedido da 'dona da pensão' em casa, que adora Natal e pediu Ramonnes, com "Merry Christmas (I Don t Want To Fight Tonight)".

E pra completar, e a versão rock do clássico "Jingle Bell", com Billy Idol.

O presente do "Chulé"

E já que é véspera de Natal, vamos falar de um presentão: o Heitor Jacobi manda mais fotos do Opala réplica que foi feito em homenagem ao Clóvis "Chulé" Concatto.
O Heitor é de Chapecó e é um dos responsáveis pelo projeto desse Opala.

O dia em que a 'réplica' foi encontrada. Ao que parece, estava abandonado há algum tempo já...
... e depois de um 'banho de oficina' é hora de ir pra apresentação.
Ao lado do Opala os responsáveis pela homenagem: Heitor Jacobi...
... e Fábio Guillen.
Parabéns ao Heitor e ao Fábio!
Tomara que essa ideia se espalhe e tenhamos muitas réplicas por aí. "Bonplac", "Kohlbach", "Weiss", "Antarctica", "Kaiser" e tantos outros são ideias...

Fotos: Acervo pessoal Heitor Jacobi

quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

"Schumi" em 2010!

E a Mercedes Benz acaba de confirmar o que todo mundo já sabia: Michael Schumacher, o maior campeão da história da Fórmula, 1 está de volta a categoria em 2010.
No Desafio das Estrelas ele me falou que tinha acertado a volta, mas tive que manter segredo disso.
"Schumi" de kart aqui em Floripa.
Será que no final da temporada 2010 esse capacete vai ter mais uma estrela? Já são 7!!!
O salário dele será de 7 milhões de euros, o que corresponde a cerca de 18 milhões de reais.


Fotos: Acervo pessoal Francis H. Trennepohl

Os bons e velhos Fuscas!

Dica vinda do amigo Alexandre Martins: corrida de Fuscas na Bélgica.
O comentário do Alexandre foi: "Não teve como não lembrar da tua paixão depois de ler essa matéria".

Vou postar aqui alguns trechos da matéria, dando ênfase para partes que eu julgo ser importantes, que bons entendedores saberão interpretar. Quem quiser ler a matéria na íntegra, é só clicar aqui.

"O circuito belga de Spa-Francorchamps completa 90 anos em 2011.
O Fusca, idealizado pelo alemão Ferdinand Porsche, se aproxima dos 80. O lendário Besouro já não é mais fabricado, mas ainda brilha na pista encravada em meio à floresta das Ardenas, na Bélgica.
A prova das 25 Horas de Spa é a maior corrida de longa duração do mundo, garantem os belgas.
Ali o velho Fusquinha reina soberano. É o momento máximo da Fun Cup, campeonato de Fusca criado pelos belgas há 12 anos. Mas o apelo dos carrinhos e o custo acessível já levou a categoria para França, Itália, Alemanha e Inglaterra. E a Espanha já faz provas extra calendário. Cada país organiza a sua competição, mas todos incluem as 25 Horas de Spa no calendário.
O resultado disso? Um total de 151 carros inscritos. Não, você não leu errado: foram 151 participantes, com 721 pilotos, média de quase cinco pilotos por carro.
A prova, na verdade, tem início na sexta-feira. Para a maioria é o dia em que ela também termina, pois "apenas" 50 alinham. Depois de 100 minutos de treino pela manhã os 70 melhores tempos avançam para o treino da tarde, que tem a mesma duração e se encarrega de mandar mais 20 carros para casa. Largar no sábado já é uma grande vitória.

(...) o inglês Stephen Darbney não perde a fleuma: "Ele é gostoso de guiar porque tem uma pequena distância entre os eixos e é muito estável. Esse desenho é estranho para se ter em casa, mas fica interessante na pista. Parece que o público gosta mesmo". E como gosta. A média de espectadores é de 20 000 pessoas.

(...) Como os carros são muito nivelados entre si, as disputas de posição são ferozes. Grupos de quatro a cinco Fusca amontoados serpenteiam pela Eau Rouge e fazem a grande reta mal disfarçada pela discreta curva Kemmel parecer uma auto estrada de três pistas, com carros se empurrando lado a lado. Toques e rodadas se sucedem pelo caminho.

O público vibra com os pegas constantes (às vezes a mais de 200 km/h) e não despreza o entra-e-sai do safety-car, que foi para a pista 18 vezes. A cada entrada, todos se reagrupam e o espetáculo volta a pegar fogo.

(...) O preço do carrinho para uma temporada é convidativo. Com algo em torno de 35 000 dólares você garante o que o nome da categoria promete: fun (diversão)."

Grid cheio...

... e bons pegas, a um custo barato. Tem como ser melhor?
Quem disse mesmo que não é possível fazer Automobilismo competitivo e barato?!?!
Ah sim, esqueci: pra isso precisa QUERER, ter vontade de fazer. Mas isso dá um trabalho...

Valeu Alexandre, obrigado!

Fotos: Site Revista Quatro Rodas

"Saindo do forno"

Está "saindo do forno" mais um carro pra temporada 2010 do Catarinense de Terra.
Trata-se do Gol G4 do Rogério Castilhos, gaúcho radicado em Florianópolis e que já acelerou aqui na terra e no asfalto, correndo o Paranaense e o Gaúcho de Marcas.
Desde o dia que a carroceria chegou na oficina do Nino, que é aonde o carro está sendo feito, eu acompanho os trabalhos, e impressiona o capricho que vem sendo aplicado na montagem desse Gol.

A pintura já está pronta. Falta a parte mecânica, elétrica e o "setor de perfumaria" (banco, cinto, painel, instrumentos, acrílicos, etc.).
Ao fundo o Gol de Fabrício Barcelos, o próximo da fila pra 'tomar um banho de tinta'.

O amarelo e o azul dão um contraste bonito. Ao fundo a frente do Gol do "Nino" (Amilton da Silva Filho), que também está esperando pelo 'banho de tinta' e embaixo daquela lona vermelha tem um Mustang que é um sonho!

Fotos: Acervo pessoal Francis H. Trennepohl

Sugestão para São Bento

Os amigos Jaison Correa, Luís Carlos de Lima e Marcelo Wotroba estavam discutindo dias atrás sobre as possibilidades de melhorias na parte dos boxes para a pista do Autódromo Rio Represo, em São Bento do Sul.
Chegaram a esta conclusão aí da imagem abaixo: trazer a reta do boxes mais pra dentro da pista (ficaria mais ou menos em cima da hípica) e trazer a "curva do engana bobo" e a "curva do pinheirinho" também mais pro miolo da pista.
Vale lembrar que se fossem adotadas essas mudanças, a curva 1 ficaria bem fechada e não poderia jamais ser feita da forma como se faz hoje em dia, 'lançando' o carro.

Esboço de como ficaria a pista de São Bento do Sul. Achei bem interessante a ideia.

Imagem: Montagem Jaison Correa

terça-feira, 22 de dezembro de 2009

Mais do "Zé" Bornemann

Continuando com mais algumas imagens da brilhante carreira do José Bornemann, de Curitiba.
Largada da bateria em São José dos Pinhais, em 1987, com José Bornemann (Gol 42 - Semopel) na frente, seguido por Francisco Maia (Gol 77 - Fabiana Confecções), Angelo Plantes (Gol 79 - Enka), Gastão Weigert (Chevette 70 - Metalúrgica Gans), Edemor Lupatini (Gol 41 - Atlantic F-1) , Ruslan Carta (Gol 69 - Atlantic), Tadeu Kowalczuk (Fusca 9 - Zeco Lanches) e Fernando Gessner (Passat 76 - Fabiana Confecções).
E o pega da corrida foi entre "Zé" Bornemann e "Chico" Maia.
O belíssimo Gol 42 da Semopel na pista de Araucária. Destaque para a saída do escapamento, na porta do carro.
"Zé" Bornemann contornando o "bico de pato" em Joaçaba, em Dezembro de 1986...
... e na mesma corrida numa disputa incrível com o joaçabense Sérgio Torrico (Gol 7 - Pegoraro).

Fotos: Acervo pessoal José Bornemann

Destruição e prejuízo em Lontras

Um fortíssimo vendaval atingiu a região de Lontras na semana passada, deixando um rastro de destruição e prejuízos por todos os lugares.
Além de casas e estabelecimentos comerciais, as instalações do Autódromo "Alceu Feldmann" também foram atingidas, e o boxes não suportaram a força dos ventos e caíram.
Além dos boxes, o restaurante do Camping Paraíso ficou igualmente destruído.
Agora a competentíssima equipe do Automóvel Clube de Lontras tem uma árdua tarefa nas mãos: erguer tudo isso até o dia 10 de Abril, quando Lontras recebe a 2ª etapa do Catarinense de Terra.
Se serve de consolo, pelo menos a tragédia não aconteceu num final de semana de corrida e ninguém se feriu.

Os boxes foram completamente destruídos. Sobrou somente a parte que tem os camarotes.
O restaurante também foi devastado pelos fortes ventos.

Fotos: Acervo pessoal Leopoldo Mees Neto

Aos "Opaleiros"

Dando uma olhada no 'VocêTubo' encontrei esses dois vídeos sensacionais.
Mostram uma época romântica e muito mais "amadora" do Automobilismo Brasileiro (o "amadora" está entre aspas de propósito, pois a atual "profissionalização", especialmente em categorias maiores, está matando o Automobilismo e afastando os pilotos das corridas).
Divirtam-se!



segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

Clóvis Roberto Concatto (XIV)

Essa é a última parte da retrospectiva da carreira do Clóvis "Chulé" Concatto.
Foram 14 postagens dedicadas a mostrar e homenagear um pouco da carreira deste gaúcho de Farroupilha radicado em Chapecó desde criança.
"Chulé" adquiriu o gosto da velocidade dentro de casa, pois seu pai Arvito Concatto também foi piloto.

Na minha modesta opinião, ele é um dos 5 maiores nomes do Automobilismo Catarinense. Concordem ou não, "Chulé" foi um pilotaço!
"Chulé" alinhado para mais uma etapa em Chapecó, em 1997. Na porta do Opala o preparador Joãozinho Segantini, mais ao lado o piloto chapecoense Lizandro "Papagaio" Vacari e toda a imprensa televisionada da região oeste fazendo imagens do Opala 17.
Na metade da corrida o motor "abriu o bico" e a liderança 'caiu no colo' de Roberto Pruner (Omega 43 - Retífica Trevo), que mais tarde fora ultrapassado por Clóvis "Koy" Bechtold (Opala 2 - Mecânica Presidente), vencedor desta etapa com o motor emprestado do "Chulé".
Clóvis Concatto (Opala 17 - Berlanda), Clóvis "Koy" Bechtold (Opala 2 - Mecânica Presidente) e Elmes Marinho (Opala 13 - Gaboardi) em Mafra.
"Chulé" alinhando em Joaçaba...
... e passando pelo Opala 12 de Gilmar Dilda, de Curitibanos, que havia capotado alguns instantes antes.
No pódio: Valdoir "Badu" Duarte (Opala 23), Diumar Cunha Bueno (Opala 68), Maurício Reuter (Opala 8), João Segantini, Clóvis "Chulé" Concatto (Opala 17), Elmes Marinho (Opala 13) e José Carlos Franzói (Opala 71).
O Opala 17 'rasgando' a reta de Lontras...
... e um dos 'pegas' mais bonitos que eu já assisti em Lontras: Clóvis Concatto (Opala 17 - Berlanda), Maurício Reuter (Opala 8 - Auto Box) e Roberto Pruner (Omega 43 - Retífica Trevo).
No final, deu "Chulé"...
... que fez a festa no pódio com o troféu...
... e tomou um golinho de cevada pra tirar a poeira da garganta. No lado direito do "Chulé" aparece Maurício Reuter, com o Arildo Frankenberger (boné preto) e o Jairo Albuquerque (boné vermelho) ao fundo e no lado esquerdo do Concatto está o lageano Mário Fontanella.

Fotos: Acervo pessoal Clóvis Concatto / Acervo pessoal Francis H. Trennepohl