terça-feira, 16 de abril de 2019

Imagem do Dia

Autódromo "Afonso Pena", São José dos Pinhais, 1991.
José "Tri Dog" Feliciano (Opala 13) e Clóvis "Chulé" Concatto (Opala 17). Ao fundo o caminhão da equipe do Valmor Weiss.

Foto: Acervo Alex "Xerife" Fernandes

Campeões de 2011 - Marcas "B"


Fotos: Jimmi Torres - Barulho de Motor

Curitiba tem representante no podium na estreia da Copa HB20

Releases de Pilotos/Equipes/EventosOs pilotos Christiano Bornemann e Lucas Bornemann encaram o maior desafio de suas vidas e carreiras. Adversários nas pistas de Velocidade na Terra, os irmãos, filho do octacampeão do automobilismo paranaense José Bornemann, unem forças e formam dupla para a disputa do novo campeonato nacional, a Copa HB20.
A competição iniciou no final de semana em Campo Grande-MS, junto com a 2ª etapa da Copa Truck e Mercedes-Benz Challenge. Com duas corridas por etapa, o piloto Christiano Bornemann comandou o HB20 numeral 42 na primeira prova, realizada no sábado (13). Saindo da 10ª posição do grid formado por 26 carros, Chris Bornemann administrou bem o posto e estreante no traçado do Autódromo Orlando Moura, cruzou a linha de chegada em 8º lugar.
Na segunda corrida, no domingo, Lucas Bornemann fez boa largada e no final da reta ocupava o 6º posto. Poucas voltas depois a chuva acrescentou uma dificuldade a mais para os pilotos e mais emoção para o público. Acostumado com as variações contínuas das pistas de terra, Lucas Bornemann enfrentou disputas acirradas, foi ganhando posições e encerrou a prova em 3º lugar.
A Copa HB20, uma iniciativa da montadora Hyundai, será disputada em 8 etapas, com duas corridas cada, totalizando 16 provas na 1ª temporada. Iniciando em Campo Grande-MS, a competição terá continuação em Londrina-PR (01 e 02 de junho), Curvelo-MG (13 e 14 de julho), Santa Cruz do Sul-RS (17 e 18 de agosto), Tarumã-RS (05 e 06 de outubro), Curitiba-PR (26 e 27 de outubro), e encerramento no berço do automobilismo brasileiro, em São Paulo-SP (07 e 08 de dezembro).
A dupla curitibana formada pelos irmãos Bornemann une experiência e arrojo para a disputa do novo campeonato nacional.

Texto: Eni Alves
Foto: Rafael Catelan

segunda-feira, 8 de abril de 2019

3.500.000

Quase passou batido (mais uma vez!), mas vale o registro: o "POEIRA NA VEIA" alcançou os 3.500.000 acessos únicos!
Como sempre digo, acho um número fantástico pra um assunto tão restrito e específico e que, lamentavelmente, muitos sequer ouviram falar em algum momento de suas vidas.
Atualizando o cálculo que fiz pouco mais de um ano atrás, se imaginarmos que todas as provas do Campeonato Catarinense de Automobilismo levaram para os autódromos, desde 1982, uma média de 4 mil pessoas por etapa (sendo muito otimista) e multiplicarmos por 380 etapas realizadas (aproximadamente), chegaríamos ao número de 1.520.000 expectadores nas pistas.
Com a marca que este espaço atingiu hoje, com quase 11 anos de 'vida', é mais do que o dobro de pessoas que já estiveram nos autódromos ao longo destes quase 40 anos de CCA, e o que mais me orgulha é que muitos que ajudaram a construir essa história passam por aqui com alguma frequência.
Fico extremamente feliz e lisonjeado, com o coração cheio de brio e gratidão.
Tenho que registrar também que nos últimos 2 meses (fevereiro e março), pela primeira vez na história do "POEIRA NA VEIA", o maior número de acessos não foi do Brasil, mas sim dos Estados Unidos.
Deixo 3 milhões e 500 mil "obrigado!" por esse carinho todo.
AQUI TEM POEIRA NA VEIA!!!

Imagens: Montagem POEIRA NA VEIA

Imagem do Dia

Autódromo "Lourenço Schreiner", São Bento do Sul, 1991.
Pedro Genildo Machado (Opala 8) e Sebastião Ramos (Opala 71).

Foto: Acervo Alex "Xerife" Fernandes

Campeões de 2014 - Stock Car Opala "A"


Fotos: Jimmi Torres - Barulho de Motor