domingo, 10 de julho de 2016

Imagem do Dia

Atendendo ao pedido do Rafael Mafra, o Maverick / "Carretera" do Rogério Aires em ação debaixo de chuva no Autódromo "Gilberto Jair Buzzi", em Canoinhas, em 1985.

Foto: Acervo Alex "Xerife" Fernandes

12 comentários:

Marcelo Cancian disse...

Caramba,que loucura.. hehehe
Otimo domingo a todos!
Abraços empoeirados

Francis Henrique Trennepohl disse...

As coisas eram bem diferentes, né Marcelão... haha Abraço e bom domingo

Rafael Mafra disse...

Valeu Francis, uaaaaaaaaaaaauuuuuuuuuuuu que divertido cara.

É Difícil ver fotos desse carro ou de Mavericks com frente modificada, pois eram poucos.

Obrigado, e to aqui na expectativa pra ver o pedido do Angelo Ponta Racing da foto dos Fuscas, um abração.

Francis Henrique Trennepohl disse...

Valeu Rafael!!! Essa semana o pedido do Angelo sai... Abraço

Adolf Schartner disse...

Que legal esta foto. Esse carro eu não tinha visto ainda.

Abraço.

Adolf Schartner disse...

Tem até co-piloto no carro.

Francis Henrique Trennepohl disse...

Ganhei o dia (ou a semana), Adolf! Finalmente um carro que você não conhecia... hahahaha
Nessa época o co-piloto tinha a função primordial de zelar pelo campo de visão do piloto. Era uma coisa de outro planeta...
Abração

Angelo PontaRacing disse...

Nunca achei que existia algo tão feio e tão legal que nem esse Maverick modificado hauhuahuaha

Francis Henrique Trennepohl disse...

Feio não, Guaraná, é "exótico"... hahahaha

Rafael Mafra disse...

Um cara postou o seguinte comentário no blog do Flavio Gomes sobre as carreteiras com co pilotos:

tem muitas historias, ou estorias sobre essas corridas aqui em Balneario Camboriu, mas a mais legal me conta meu sogro que era co-piloto. O carro nao tinha boma de combustivel, o tanque ficava em cima do motor e o combustivel descia por gravidade. Nas curvas para que o carro na afogasse o copiloto tinha de fechar uma torneira no painel e na saida da curva abrir novamente pra o piloto acelerar.

Alguém que deve saber bem disso é o Beto Pruner, legal.

Rafael Mafra disse...

http://flaviogomes.grandepremio.uol.com.br/2012/02/camboriu-circa/

Aqui o post

Francis Henrique Trennepohl disse...

Show de roda, Rafael!
O Beto começou como co-piloto e depois assumiu o volante.
Abraço