quarta-feira, 14 de dezembro de 2016

Imagem do Dia

Autódromo "Lourenço Schreiner", São Bento do Sul, 2002. 
Luciano Tróes Martins (Gol 5), Guido Greipel Jr. (Gol 4), Rafael Hubert (Gol 27), João Paulo Faccio (Gol 87) e Marcelo Cancelli (Gol 33) puxam a longa fila da Marcas "N".

Foto: Acervo Alex "Xerife" Fernandes

12 comentários:

Marcelo Cancian disse...

Show de imagem,show de grid,e nesse ano o Luciano encomodou os demais com esse quadradinho eim,e nesse mesmo ano,apartir da 8° etapa,esse gol bolinha do Guido,passou a ser do Luciano...Fantastico,saudades dessa epoca
Abração,Francis

Adolf Schartner disse...

Que grid, heim? Contei 20 carros.

Francis Henrique Trennepohl disse...

O "chassi de grilo" tocava muito!!!

Adolf, é daí pra mais...

Marcelo Cancian disse...

Concordo,o seco tocava muito, e ai deve ter maos de 20 carros sim,teve varias etapas besse ano que passou dos 30 carros,sendo necessario até repescagem...

Amigos da poeira disse...

Show lindo grid e o quadradinho puxando fila muito show abração a todos ai.

Deivicris de Cristo disse...

Tesão, piá! O Seco é meu ídolo, e hoje tenho o prazer de ter sua amizade, além de ensinamentos e parceria nas pistas virtuais. E só pra afirmar, tocava nada... toca!
Abraços, piazada!

Francis Henrique Trennepohl disse...

Será que ainda toca?!? Acho que tá enferrujado o Seco... Hahaha

Marcelo Cancian disse...

Viiixxxiiii... sobrou pro Luciano agora.. kkkkkk

Francis Henrique Trennepohl disse...

hahahahaha

Eduardo Pavelski disse...

Acho q toca Francis, sentou no #129 este ano no AIC e socou a bota numa penca de Marcas, isso não enferruja nunca!!! Seco véio é diferenciado!!!

Francis Henrique Trennepohl disse...

Sem dúvida que toca muito. "Quem foi rei não perde a majestade"!
Mas eu não podia deixar passar a oportunidade de pegar no pé do chassi de grilo... hahahaha

Allan Robert Pscheidt disse...

É um baita orgulho ter como amigo um cara como o Luciano. Todos os dias nos ensina coisas novas, pra dentro e fora das pistas... Com certeza tudo o que ele conseguiu nas pistas se deve a humildade e vontade de vencer que sempre todo. Grande exemplo para todos nós.

Abraços!