domingo, 4 de fevereiro de 2018

Imagem do Dia

Autódromo "Vale dos Cobras", Camboriú, 1993.
Odenir Milczewski ("Dójão" 33) e Carlos "Beto Ulguim" Lopes ("Dójão" 88).

Foto: Acervo Alex "Xerife" Fernandes

4 comentários:

Adolf Schartner disse...

As corridas mais espetaculares que vi, sem dúvida, foram as dos Dodgões, que infelizmente sumiram dos grids. Talvez a principal causa seja a falta e o preço alto nas peças. Atualmente a categoria dos Opalas e Ômegas estão seguindo pelo mesmo caminho. Pelo que vejo pelos mídias sociais e pelo que ouço falar, provavelmente os grids com os majestosos 6 canecos vão ser bastante minguados ou nem vai ter. Infelizmente. Tomara que eu esteja errado.

Marcelo Cancian disse...

Era lindo de ver aquela trazeirona,vindo abanando..
Linda imagem,Alemão
Abraço forte e ótimo domingo

Deivicris de Cristo disse...

E qual a utilidade daqueles faróis de milha em cima do Dodge do Beto? kkkkkkkkkkkkkk.

Quanto ao comentário do Adolf, é uma triste constatação, meu amigo. Realmente o nosso futuro são carrinhos elétricos mesmo.

Abraços, piazada!

Rafael Mafra disse...

Não tem como não se arrepiar em ver fotos desse local e desses carros. A primeira corrida de carros que vi fui levado pelo meu tio Ademir até o Vale Dos Cobras.

Já perdi as contas de quantas vezes vi os vídeos da série PRA MACHUCAR CORAÇÕES onde aparece algumas dessas banheiras. E por falar nisso... que venham novos vídeos nessa série divertidíííííííííííssima