sábado, 27 de abril de 2019

Imagem do Dia

"200 Milhas de São Carlos", 1985.
O Passat 86 da dupla Valdir Heinen / Nedir "Faísca" Nardini alinhado no grid. Atrás o Opala 36 do Edson Gil Marchetti.

Foto: Acervo Alex "Xerife" Fernandes

7 comentários:

Marcelo Cancian disse...

Caramba,que passat mais lindo,
Mas oque mais me chamou atenção,foi o banco.
Fico pensando,como os caras não se machucavam seriamente?

Linda demais essa imagem,Francis
Abração

Francis Henrique Trennepohl disse...

Lindo mesmo, Marcelão!
As coisas eram bem diferentes nessa época, os itens de segurança eram adaptados da linha original para as pistas.
Outro detalhe é que o número 'original' desse Passat era 36, mas como havia o Opala do "Etty" com esses número acabaram adaptando e fazendo do 3 um 8.
Abraço

Adolf Schartner disse...

O que me chamou atenção foi o adesivo "BONISSONI" no para-brisas. Acontece que aqui na cidade tem uma farmácia cujo dono, que é amigo meu, tem esse sobrenome. Certo dia falei com o irmão dele e ele me contou que pilotou um Gol por um tempo no Campeonato Catarinense.

Francis Henrique Trennepohl disse...

Legal, Adolf!
Será que ele tem fotos da época?

Adolf Schartner disse...

Vou ver se consigo alguma coisa, Francis.

Adolf Schartner disse...

Marcelo, o banco do Opala #1 da Thiessen e Schartner competições era feito num latoeiro, a partir de um banco de trator. Coisa impensável nos dias de hoje.

Francis Henrique Trennepohl disse...

Valeu Adolf, obrigado!
Creio que ele esteja se referindo ao Altamir Bonissoni, que era de Joaçaba ou Herval. Se for ele, não sei se eles tem parentesco com os Bonissoni de São Carlos.
Quanto ao banco, realmente hoje em dia é impensável. Vários pilotos usavam nessa época bancos de kart também