sexta-feira, 7 de fevereiro de 2020

Imagem do Dia

Autódromo "Plácido Gaissler", Mafra, 1995.
Jorge Camargo (Opala 37) e José Carlos Franzói (Opala 71).

Foto: Acervo Alex "Xerife" Fernandes

8 comentários:

Marcelo Cancian disse...

Pela frente do carro do Franzoi,acho que na noite anterior caiu uma chuva,e o Camargo ainda na decada de 90,andando com um opala antigo....
Show de foto,é o público,heim...
Abração,Francis

Francis Henrique Trennepohl disse...

Com absoluta certeza, Marcelão
Abraço

Adolf Schartner disse...

Marcelo, na década de 90 ainda tinha vários Opalas antigos correndo. Só que a maioria era modificado, pois no Opala não é difícil trocar as peças do modelo antigo par um modelo mais novo.

Deivicris de Cristo disse...

Esse Opalão do Camarguinho era lendário. Depois de tantos anos e tantos pilotos, quem aposentou ele foi o finado Pianowski e montou o novo, amarelo, lindo demais. Esse novo que ele montou, está até hoje nas mãos do Fábio Baldan, que prometeu fazer o possível pra voltar a acelerar esse ano.
Abraços, Poeiras!

Francis Henrique Trennepohl disse...

Muito bem lembrado, Cris!
O Opala do "amarelo do "Nego" era muito lindo, tudo nos mínimos detalhes, e o Baldan manteve o padrão de capricho.
Abraço

Marcelo Cancian disse...

Deixa eu ver se entendi,
O opala do Camargo,esse da foto é aquele branco é azul do Baldan?

Francis Henrique Trennepohl disse...

Não, esse aí o "Nego" Pianowski comprou e deu "pt". Depois ele montou um do zero, que era todo amarelo. Esse é o atual carro do Baldan.
Esse aí da foto virou prego e latinha de cerveja... hahaha

Marcelo Cancian disse...

Ah,entendi.....