domingo, 14 de junho de 2020

Imagem do Dia (I)

Autódromo "André De Geus", Ponta Grossa, 1992.
Mário Socachewsky com seu Opala 35.

Foto: Acervo Alex "Xerife" Fernandes

7 comentários:

Gian Fernando disse...

Estilo "Bordin" de pilotagem...

Adolf Schartner disse...

Bonito esse Opalão, destacando bem o número.

Marcelo Cancian disse...

Jogando a traseira...
Show de roda!

No Alto Giro disse...

Que imagem! Esse Opala era "moderno". Aerofólio modelo que virou tendência, número grande na porta e fonte de um modelo que é atual. Fora as cores, que depois, viraram tendência e vários Opalas utilizaram, mas que eu lembre, não se via antes. O Soca era caprichoso demais.
Abraços, Poeiras!

Francis Henrique Trennepohl disse...

Assino embaixo, e me ocorreu outra coisa enquanto comecei a escrever este comentário: vocês já repararam que o "capricho dos carros" é tema recorrente aqui? E estamos falando de uma época em que tudo era na pistola e no pincel, não tinha essa barbadinha de "envelopamento".
Não querendo ser muito saudosista (e OBVIAMENTE JÁ SENDO!!!), mas a impressão que tenho é que quanto mais caminhamos a passos largos para o futuro e suas "facilidades", mais dá vontade de voltar a simplicidade do passado...
Devaneios e elucubrações de alguém que não vê mais a "beleza" que outros tantos conseguem enxergar nesse mundo moderno!

No Alto Giro disse...

Francis, pra corroborar e fechar teu comentário: e os capacetes? Olha como os designs tinham tudo pra serem mais bonitos, haja visto o quanto evoluiu a tecnologia de pintura, mas parece que cada vez mais os capacetes estão sem vida e sem graça, sendo que ao mesmo tempo estão mais estilizados e modernos. As coisas estão mesmo meio sem graça ultimamente.
Aliás, acabei de assistir uma corrida da Copa Shell e pra matar de vez esses comentários: QUEEEEE CAAARROS MAIS LINDOOOOOSSSSS!!!
Sem mais.
Abraços, Poeiras!

Francis Henrique Trennepohl disse...

É vero, Cris!
Sobre os carros do BM&P, meu coração palpita por eles!!!
Abração